segunda-feira, 16 de outubro de 2017

DANIEL DENNETT REFERE-SE A 2 TIPOS DE FILÓSOFOS: OS "TÉCNICOS CONCEPTUAIS" E OS "CONSELHEIROS"





Quem é Daniel Dennet?

Veja AQUI

No prefácio que escreveu para o livro de Bertrand Russel, "A conquista da Felicidade", Dennett refere-se a 2 tipos de filósofos:

o "técnico conceptual",

que ele atribui ao professor teórico, que apenas estuda questões muito abstratas e com pouca relação com a vida das pessoas;

e o "conselheiro",

que ele atribui ao filósofo que intervém na vida pública, que se posiciona, que fundamenta as suas "opiniões" sobre as questões da atualidade e do mundo, ou seja, aquele filósofo que "muda a vida das pessoas"...

Na sua época, de facto, Russel foi um herói para uns e um profissional inapto para outros.

A verdade é que para Dennett, Russel escreve um livro de auto-ajuda, que vale a pena ser lido...

Boa leitura!

Jorge Humberto Dias.

INFORMAÇÕES SOBRE AS CONSULTAS DE ACONSELHAMENTO FILOSÓFICO


CONSULTAS DE ACONSELHAMENTO FILOSÓFICO EM LISBOA


sexta-feira, 29 de setembro de 2017

DIA MUNDIAL DA FILOSOFIA 2017 (UNESCO): Colégio em Loures organiza Tertúlia Filosófica sobre a Felicidade


No próximo dia 16 de novembro de 2017, pelas 18h, o Colégio Monte Maior, em Loures, vai organizar uma Tertúlia Filosófica sobre a felicidade.

O convidado especial será o Doutor Jorge Humberto Dias que, como é sabido, apresentou uma tese de doutoramento sobre felicidade e aconselhamento filosófico na Universidade Nova de Lisboa.

O evento é aberto a todos os interessados e não necessita de inscrição.

Para mais informações sobre o local, consulte o site do Colégio AQUI
http://www.montemaior.com/

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

OPINIÃO: Novo livro de LUC FERRY refere o COACHING e a FELICIDADE, mas...




Luc Ferry foi Ministro da Educação em França, entre 2002 e 2004. É filósofo e escritor.

Neste seu novo livro, que muito promete na Introdução, ao abrir o debate entre 2 teorias opostas: a escola que acredita ser possível alcançar a felicidade nesta vida e a escola que não acredita.

No entanto, chegamos ao fim do livro e não encontramos uma conclusão, nem uma bibliografia. (pelo menos na edição portuguesa)

O positivo do livro está no facto de estar escrito numa linguagem bastante acessível para o leitor comum. Além disso, o autor refere ter conhecimento da atualidade sobre a felicidade, o coaching e a felicidade. Todo o livro é uma reflexão atual e pessoal, que coloca o leitor em debate.

Um dos pontos mais interessantes, para a área da filosofia, prende-se com a relação entre a teoria e a prática. Neste livro, Luc Ferry chama a atenção para o facto de em quase todas as áreas haver essa exigência, ou seja, uma certa coerência e articulação entre as competências teóricas e práticas. No entanto, o autor critica a área política, onde essa articulação quase não existe, pois um significativo número de nomeações é realizada, não com base no currículo da pessoa, mas com base noutros critérios que desconhecemos.

Autor: Jorge Humberto Dias


quarta-feira, 13 de setembro de 2017

terça-feira, 12 de setembro de 2017

EXERCÍCIO Nº 105 - DESEJE A FELICIDADE



Ontem encontrei um Exercício muito interessante sobre a felicidade. O mais curioso é que se trata do último exercício do livro... o nº 105. :-) Faça-o! E se depois quiser partilhar comigo o resultado final, estou disponível para trocarmos ideias... Fico à sua espera! ;-) Jorge Humberto Dias

domingo, 10 de setembro de 2017

"A minha experiência no curso de nível I em Aconselhamento Filosófico" (Aida Spahic)



Como a filosofia sempre foi o meu primeiro amor, decidi estudar filosofia na Faculdade de Filosofia da Universidade de Sarajevo. Lembro-me desse período como o mais feliz da minha vida. Quando terminei os meus estudos e entrei no mundo real da Bósnia e Herzegovina, percebi que o que ganhei através dos meus estudos de filosofia não era suficiente para mim, devido à falta de abordagem prática. Eu decidi começar com os meus estudos de pós-graduação no campo da sociologia. Mas ainda assim a filosofia permaneceu como o meu primeiro e único amor. Eu lia livros de filosofia, assim como tudo o que estava relacionado com ela, enquanto trabalhava no setor das ONG’s, a desenvolver novas habilidades sociais práticas.

Passados alguns anos, eu vi uma página de Facebook chamada de “filosofia na prática” e, de seguida, outra página chamada de “orientação filosófica” e a partir daí, a minha procura pelo  melhor curso de aconselhamento filosófico começou. A minha pesquisa na internet levou-me ao Gabinete PROJECT@. Como me pareceu a melhor opção, enviei A minha carta de motivação, assim como o CV. Passados alguns dias, inscrevi-me no curso de Aconselhamento Filosófico, no nível I.

O Dr. Jorge Humberto Dias adicionou-me ao grupo do Gabinete PROJECT@ no Facebook, onde todos os candidatos têm a oportunidade de partilhar as suas opiniões, assim como outras informações. Fiquei encantada com a sua abordagem, pois nunca tinha ouvido falar dela aqui na Bósnia. Tive a oportunidade de contactá-lo em vários momentos e ele sempre foi muito paciente e profissional comigo. Graças à sua abordagem encorajadora, decidi continuar com o curso até ao fim.

O que mais gostei no curso foi a metodologia a distância e baseada na abordagem individual, que me deu a oportunidade de organizar o meu tempo e assim poder dar o meu melhor. No começo, eu realmente não sabia o que esperar, mas depois da primeira avaliação, eu fiquei com a certeza de que estava no caminho certo. Agradeço esta oportunidade de desenvolver habilidades práticas no campo da filosofia e espero participar ativamente no próximo nível.
Mas quem é Aida Spahic?

Aida Spahić, licenciada em Filosofia e Sociologia pela Faculdade de Filosofia da Universidade de Sarajevo; obteve Mestrado e Doutoramento em Sociologia pela Faculdade de Ciência Política da Universidade de Sarajevo. Tem mais de 10 anos de experiência no setor das ONG´s, que lhe proporcionou experiência no campo da análise de políticas públicas, tomada de decisão, rede, gestão de projetos, etc. Desde 2014 que trabalha no Ministério da Saúde, em Sarajevo, Bósnia e Herzegovina. Participou em vários projetos financiados por organizações internacionais e fundos da UE. Atualmente, está envolvida como coordenadora do Mecanismo de Coordenação do País para combater o HIV e a Tuberculose na Bósnia e Herzegovina, apoiado pelo Fundo Global.

"My experience at the level I course" (Aida Spahic)



"Since philosophy has always been my first love, I decided to study philosophy at the Faculty of Philosophy, University of Sarajevo. I remember that period as the happiest in my life. When I finished my studies and entered into the real world in Bosnia and Herzegovina I realised that what I gained through my philosophy studies wasn't enough for me due to  lack of practical approach to study philosophy in my country. I decided to start with my postgraduate studies in the field of sociology. But, philosophy still remained my first and only love. I read philosophy books and everything related while I was working in NGO sector and developing new practical social skills.


After many years, I saw a Facebook page called philosophy in practice and then another page called philosophical counselling and my inquiry for the best course in philosophical counselling had started. My internet research lead me to the Gabinete Project. As it seemed to me as the best option I sent my letter of interest and CV. Soon after I was enrolled in the level I course of Philosophical Counselling.


Dr Dias sent me the Facebook request and added me to the group where all candidates have opportunity to share their opinions and other information. I was delighted by his approach since I didn't get used to it here in Bosnia. I had opportunity to contact him any time and he was very patient and professional. Thanks to his encouraging approach I decided to continue with the course.


What I liked the most is methodology based on individual approach which gives me the opportunity to organize my time in order to make an attempt to give my best. At first, I didn't really know what to expect, but after the first evaluation I was pretty sure that I am on a right track. I am grateful for this opportunity to develop practical skills in the field of philosophy and looking forward to taking active participation in the next level."
Who is Aida Spahic?
Aida Spahić, graduated Philosophy and Sociology at Faculty of Philosophy, University of Sarajevo, obtained Masters and PhD from Sociology at Faculty of Political Science, University of Sarajevo. More than 10 years of experience in NGO sector, provided her with expertise in the field of public policy analysis, decision making, networking, project management etc. Since 2014 she has worked in the Federal Ministry of Health in Sarajevo, Bosnia and Herzegovina. She has been involved in numerous project financed by international organizations and EU funds. Currently involved as a coordinator of Country Coordination Mechanism for fighting HIV and Tuberculosis in BiH supported by Global Fund.


domingo, 27 de agosto de 2017

ANEDOTA DE OSHO SOBRE A FELICIDADE


A nossa colaboradora Lara Carvalho partilhou connosco esta anedota de Osho.




Achámos interessante o facto das pessoas serem consideradas como naturalmente negativas, ou seja, acreditarem mais facilmente na infelicidade.
Mas não concordamos com a ideia de Freud referida no texto. A felicidade é possível e necessária, pois baseia-se nos projetos de cada pessoa e são eles que dão mais sentido à vida.


sábado, 26 de agosto de 2017

SUGESTÃO DE LEITURA


"A Filosofia deve ajudar-nos a viver melhor as nossas vidas." (Alain de Botton, Diretor da Escola da Vida em Londres, Inglaterra)

PETER SINGER RECONHECE A FELICIDADE COMO UM ASSUNTO SÉRIO DA ÉTICA APLICADA




NOVO LIVRO DE VICTOR CORREIA RECONHECE IMPORTÂNCIA HISTÓRICA DO ACONSELHAMENTO FILOSÓFICO


O autor Victor Correia reconhece a importância histórica das consultas de Aconselhamento Filosófico como uma forma de aplicar, profissionalmente, a Filosofia.


Algumas das frases citadas pelo autor no seu livro.


Este livro pode ser muito útil para profissionais de filosofia, assim como para outros profissionais que usem ou pretendam usar a filosofia no seu trabalho.


segunda-feira, 14 de agosto de 2017

quarta-feira, 26 de julho de 2017

QUIZ DE FILOSOFIA


Gosta de Quiz?

Já alguma vez fez um Quiz de Filosofia?

Faça este e fique a saber qual a sua Filosofia de Vida.

Não prometemos que seja 100% rigoroso! E aconselhamos a que tenha, também, um elevado sentido de humor.

Clique AQUI

Filósofa Anne Dufoumantelle foi coerente (praticava o que pensava)


Mais info AQUI

Aceitam-se marcações para a CONSULTA DO ADOLESCENTE em LISBOA


NOVO SERVIÇO: Consultas Online


domingo, 16 de julho de 2017

TESE DE LICENCIATURA SOBRE ACONSELHAMENTO FILOSÓFICO EM LUANDA (ANGOLA)

No Instituto Superior de Ciências Educativas de Luanda (Angola), Waldano Wanga apresentou um Trabalho Final de licenciatura com o título:

"A importância da Filosofia na vida do cidadão e o papel do Filósofo em Luanda"

O tutor foi o professor Luciano Segunda.

No Índice podemos encontrar várias referências ao Aconselhamento Filosófico e ao trabalho do Doutor Jorge Dias: o seu método PROJECT@  e os seus casos-de-consulta.




Clique AQUI para o download do trabalho

ExFil nº 8 - Faça a sua experiência e diga-nos o que sentiu



O conceito de experiência filosófica tem sido trabalhado por diferentes autores ao longo da História da Filosofia.
Um dos maiores destaques foi o trabalho de John Dewey, filósofo americano que contribuiu para o desenvolvimento do Pragmatismo (um movimento criado por Charles Peirce e William James nos EUA).
Mais recentemente, o trabalho do Consultor da UNESCO, Roger Pol-Droit, obteve uma enorme divulgação, devido ao espírito didático e prático do seu livro de exercícios, no sentido de convidar os seus leitores a realizarem diferentes experiências filosóficas no seu quotidiano.
Em Inglaterra, é curioso verificar que Tim Lebon utiliza experiências de pensamento ("thought experiments") para ajudar as pessoas a resolver um determinado problema que levam à consulta.
É neste contexto que iremos apresentar aqui, no Facebook, no LinkedIn e no Youtube pequenos vídeos, de 1 minuto (aproximadamente), com o objetivo de lhe proporcionar uma experiência filosófica. Depois, só lhe pedimos que partilhe connosco o processo e o resultado dessa experiência. Pode fazê-lo nos comentários ou então enviar-nos um email para: gabinete.project@gmail.com

Este é o vídeo nº 8.

Autor: Jorge Humberto Dias.

Clique AQUI

quarta-feira, 24 de maio de 2017

SEGUNDO ARTIGO DE JORGE DIAS EM ITÁLIA


Acaba de ser publicado o 2º artigo do Doutor Jorge Humberto Dias na Nova Revista Italiana de Aconselhamento Filosófico, uma publicação da Escola Superior de Aconselhamento Filosófico.

Pode fazer o download do pdf AQUI

sábado, 13 de maio de 2017

MARIA DA CONCEIÇÃO SILVA TERMINA O NÍVEL III DA FORMAÇÃO EM ACONSELHAMENTO FILOSÓFICO



Maria da Conceição Silva é formada em Filosofia Clínica pelo Instituto Packter (Brasil).

Em março de 2016, veio até Portugal para participar no I Curso Luso-Brasileiro de Aconselhamento Filosófico (Nível I).

Em outubro, iniciou o PIFEC (Programa Individual de Formação e Certificação) em Aconselhamento Filosófico, Níveis II e III. Terminou no passado dia 21 de abril.

O Gabinete PROJECT@ agradece a confiança e deseja muito sucesso na sua carreira profissional.

"PEQUENO RESUMO DO QUE APRENDI NO I CURSO LUSO-BRASILEIRO DE ACONSELHAMENTO FILOSÓFICO NOS NÍVEIS I, II e III. GABINETE PROJECT@ - CONSULTORIA FILOSÓFICA.

Com este curso aprendi a pensar, perceber o outro e conduzir as Consultas Filosóficas sem julgamento, sem críticas e sem respostas, mas sempre com o intuito de acompanhar, valorizar e levar o consultante a pensar, angariando recursos e formas para compreender suas questões resolvendo-as.  E também levar o consultante a descobrir, ou fortalecer e organizar projetos em sua vida.
A Filosofia Aplicada, não é uma mágica e nem um milagre, é simplesmente a permissão de novos pensamentos. Ou seja, ajudar o consultante a desenvolver sua habilidade de pensar.
O Método é rápido e prático, porque ajuda o consultante a aprofundar em suas questões, tanto filosóficas, quanto as questões pessoais que necessitam compreensão, caminho e resolução.


No período de estágio, percebi que a experiência é individual, pois há indicadores de vários pontos quando o consultante aprende a desenvolver pensamentos críticos e permite o experimento de sua melhora. No entanto, a Filosofia Aplicada com perguntas e atuações dentro do método ajuda o consultante aproximar de suas verdades, tendo como resultado o bem estar dentro de si e encontro com a felicidade, percebendo que a vida vale mais a pena a ser vivida." (Maria da Conceição Silva)

quinta-feira, 30 de março de 2017

ENTREVISTA DE JORGE HUMBERTO DIAS À RTP1 NO DIA MUNDIAL DA FELICIDADE


Pode ver aqui o vídeo da reportagem sobre a inauguração do Gabinete de Aconselhamento Filosófico na Escola Secundária Tomás Cabreira em Faro.

O Doutor Jorge Humberto Dias foi o mentor convidado, apresentando uma palestra sobre o tema e realizando uma consulta a uma aluna da escola.

A coordenadora do gabinete é da Dra. Ana Maria Ramos, licenciada em Filosofia e professora efetiva da escola. Colaboram ainda as professoras Margarida Silva, Margarida Morais e Ana Barbas.


O vídeo está disponível aqui: https://www.youtube.com/watch?v=oFx0AALldDg

APENAS 5 VAGAS PARA O WORKSHOP "APROFUNDAR A FELICIDADE INTERIOR" (LISBOA) - 29/4/2017



Já só existem 5 vagas para a 2ª Edição do Workshop "Aprofundar a Felicidade Interior." Uma Abordagem da Filosofia Aplicada e da Escrita Criativa.

Trata-se de um Workshop inovador, que reúne 2 áreas em amplo desenvolvimento.

Cada uma das áreas já tem os seus resultados demonstrados. No entanto, ainda não foi visto nenhum projeto que reunisse estas 2 áreas.

Jorge Humberto Dias e Lúcia Vaz Pedro decidiram arriscar e pôr mãos à obra. O resultado está espelhado no Programa deste Workshop.

Se quiser recebê-lo por email, basta que nos contacte através de: gabinete.project@gmail.com

Para reservar o seu lugar, basta que se inscreva e efetue o pagamento.

Para que a qualidade seja boa, os formadores decidiram aceitar apenas 15 inscrições. Neste momento, já existem 2 pessoas com pré-reserva e pagamento efetuado.

- Inscrição Normal: 60,00;
- Clientes do Gabinete PROJECT@: 54,00.

Estamos ao seu dispor para qualquer esclarecimento que necessite: 924373590.

terça-feira, 7 de março de 2017

EMPREENDEDORISMO NA EDUCAÇÃO - Escola Secundária Tomás Cabreira inaugura Gabinete de Acompanhamento Ético



A Escola Secundária Tomás Cabreira, em Faro, vai realizar na próxima 4ª feira, dia 8 de março, pelas 15h20, a inauguração do seu Gabinete de Acompanhamento Ético, coordenado pela professora Ana Ramos e constituído por mais 3 professoras de Filosofia: Margarida Silva, Margarida Morais e Ana Barbas.

Está prevista a presença da RTP para uma reportagem.

As 3 primeiras professoras realizaram uma Ação de Formação sobre Aconselhamento Filosófico, organizada pelo Centro de Formação de Professores de Faro e ministrada pelo Doutor Jorge Humberto Dias.

No passado dia 14 de dezembro, realizou-se uma palestra para alunos, com o Doutor Jorge Dias a explorar algumas questões pertinentes sobre o Aconselhamento Filosófico. No final do dia, organizou-se um workshop de formação com as 4 professoras do Gabinete.

Para mais informações, e se pretender criar um Gabinete na sua escola, contacte-nos que prestaremos todo o apoio necessário: gabinete.project@gmail.com

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

SAÍDAS PROFISSIONAIS DA LICENCIATURA EM FILOSOFIA



O Gabinete PROJECT@ foi investigar quais as saídas profissionais apresentadas pelas várias Licenciaturas em Filosofia, oferecidas por Universidades portuguesas. (clique nas imagens para obter mais informações)

Comecemos pela Universidade de Lisboa.



Universidade do Porto.


Universidade Católica de Lisboa


Universidade Nova de Lisboa.


Universidade do Minho.


Universidade de Coimbra.


Universidade da Beira Interior (regime pós-laboral).


Universidade Católica de Braga.


Que conclusões podemos retirar?

Algumas saídas são comuns, outras não.

Algumas universidades apresentam a saída de Consultoria, Aconselhamento e Assessoria.


quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

RESPOSTA À DRA. LIA NEVES - artigo publicado no "De Rerum Natura"



(clique na imagem para ler o artigo da Dra. Lia Neves)

Peço desculpa por só responder agora a este texto desafiante da Dra. Lia Neves, mas estava a terminar um artigo científico.

A primeira sensação que fiquei, ao ler o texto da Dra. Lia, foi que o mesmo veio com 8 anos de atraso. A entrevista do jornal Público data de 2009. Estamos em 2017.

Depois de ler o texto pela segunda vez, percebi que a grande questão de fundo da Dra. Lia é a saída profissional da área científica de Filosofia. Aí estamos de acordo. Desde 1998 que é um tema do meu interesse e reflexão.

No entanto, o texto da Dra. Lia está repleto de alguma tensão emocional. Penso que nas redes sociais, terei lido o professor doutor Pedro Galvão a proferir a mesma ideia. A dúvida que persiste na minha mente é: será essa emoção indicador de um elevado interesse no aconselhamento filosófico ou será antes um sinal de alguma frustração para com a filosofia como área científica e profissional?

Quanto à falta de rigor, que a Dra. Lia atribui às respostas que dei ao jornal Público, penso que é normal, pois num jornal diário, não é expectável que entremos em reflexões académicas profundas, técnicas e rigorosas. Para isso, aconselho da Dra. Lia a visitar as minhas publicações científicas, disponíveis no Academia.edu:

http://ucp.academia.edu/JorgeHumbertoDias 

Por essa razão, no dia 4 de Fevereiro, quando li o texto da Dra. Lia, de imediato lhe enviei uma mensagem a manifestar a minha disponibilidade para partilhar algumas referências bibliográficas na área do aconselhamento filosófico, assim como informação de mestrados na área.

Outra questão que também concordo tem a ver com a estrutura das licenciaturas. No livro “Idea y Proyecto. La Arquitectura de la Vida”, apresentei uma proposta com várias disciplinas interessantes, desde o direito ao marketing, passando pela psicopatologia e pela contabilidade. Poderia ainda acrescentar as TIC e as línguas estrangeiras. Julgo ser esse o espírito de Bolonha, embora as contenções orçamentais não permitam às universidades oferecer tanta diversidade. A questão de fundo é: como preparar um licenciado em filosofia para o mercado de trabalho esgotado e competitivo que temos hoje?

Quanto a uma pós-graduação, recordo que em tempos, ainda eu era presidente da direção nacional da Associação Portuguesa de Aconselhamento Ético e Filosófico, que uma equipa de associados esteve a construir um currículo em parceria com o Instituto Piaget. Neste momento, não sei como está o processo. No estrangeiro, consegue encontrar mestrados. Eu mesmo já fui professor convidado na Universidade de Sevilha e na Universidade de Barcelona. Sei que na Roménia existe, nos EUA, em Inglaterra, em Itália.

A questão da qualidade, na minha ótica, está diretamente relacionada com a existência, numa determinada organização, de profissionais especializados numa determinada área. No Gabinete PROJECT@, existem vários colaboradores com doutoramento e com teses sobre o aconselhamento filosófico.

O segundo parágrafo do texto da Dra. Lia é sobre o trabalho do Dr. Menezes. Não me vou aqui pronunciar sobre o tópico, mas sugiro a análise que a Dra. Rosa Oliveira fez num artigo científico para a Revista Internacional de Filosofia Aplicada:

http://institucional.us.es/revistahaser/index.php?page=numero-7-2016

Também sugiro uma entrevista que a Dra. Rosa deu ao projeto Philosophical Practice, do professor doutor Ran Lahav:

https://philopractice.org/web/rosa-oliveira

No final do segundo parágrafo, a Dra. Lia refere-se a Sokal. Confesso que não conheço o seu trabalho, mas penso que poderia ser interessante explorar a questão do relativismo cognitivo no aconselhamento filosófico…

O terceiro parágrafo, parece-me, está um pouco impercetível. No entanto, penso que a Dra. Lia quer abordar a questão da organização que representa os consultores filosóficos em Portugal. Em 2004, foi fundada a APAEF (Associação Portuguesa de Aconselhamento Ético e Filosófico), onde foram realizados os primeiros 6 cursos, onde se elaborou um regulamento de formação e certificação com 3 níveis, onde se realizaram também 4 congressos internacionais (tendo trazido a Portugal alguns especialistas de prestígio na área do aconselhamento filosófico e da filosofia para/com crianças), e onde se publicaram algumas obras importantes, como atas e um manual de formação. Em 2008, Nuno Paulos Tavares era eleito presidente da APAEF. Em 2012, foi José Alves Jana. Este ano haverá eleições na APAEF…

https://apaef2014.wordpress.com/about/

Em 2008, um dos formandos da APAEF dinamizou a criação da APEFP em Braga. E assim a área tem vindo a crescer em Portugal.

Termino, com uma indicação que considero essencial. Em 2013, o Centro de Estudos de Filosofia da Universidade Católica Portuguesa convidou-me para coordenar a linha de investigação em filosofia aplicada. Desde esse momento que temos vindo a trabalhar, no sentido de realizar estudos fundamentais e aplicados sobre o aconselhamento filosófico. Todos os interessados em colaborar são bem vindos.

http://cefi.fch.lisboa.ucp.pt/pt/investigacao/investigadores/76-jorge-humberto-guerreiro-dias.html 

Penso que terei respondido a todos os desafios que me foram colocados. É para mim uma grande honra poder ver publicado o meu nome num artigo de importante reflexão e num blogue de redobrado prestígio. Esperemos que esta semente da Dra. Lia traga novos frutos em breve. Muito obrigado pelo tempo dedicado.

Cumprimentos.
Jorge Humberto Dias
Email: jorgedias@fch.lisboa.ucp.pt

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017